Tenho Direito aos Bens Adquiridos pelo Meu Ex-namorado? Saiba Mais Aqui

Acabou o relacionamento, mas há dúvidas sobre os bens adquiridos durante a união? Calma, você não está sozinho(a)!

Neste artigo, vamos desvendar os seus direitos sobre os bens do ex-namorado(a) e te guiar para tomar decisões conscientes e assertivas. Será que você tem direito aos bens do ex-namorado (a)?

Tenho Direito aos Bens Adquiridos pelo Meu Ex-namorado? Saiba Mais Aqui

A união estável se configura como uma relação pública, contínua e com objetivo de constituir família, mesmo sem casamento formal. Se você se encaixa nessa definição, seus direitos sobre os bens adquiridos durante o relacionamento podem estar garantidos.

Tenho Direito aos Bens Adquiridos pelo Meu Ex-namorado? Saiba Mais Aqui
Foto/Reprodução

Mas como provar a união estável?

A prova da união estável é fundamental para garantir seus direitos. Documentos como contas conjuntas, comprovantes de residência comum, fotos, testemunhas e até mesmo filhos em comum podem ser utilizados como evidências.

Contribuiu para a Aquisição? Seus Direitos Aumentam!

Se você contribuiu financeiramente ou de outra forma para a compra de um bem, seus direitos sobre ele também se fortalecem. Recibos, extratos bancários e doações podem ser considerados como formas de contribuição.

Consultoria Jurídica: O Seu Guia Essencial

Embora este artigo tenha apresentado informações importantes, cada caso é único e requer análise individual por um profissional especializado.

Um advogado experiente em direito de família pode te auxiliar a compreender seus direitos, avaliar as provas disponíveis e traçar a melhor estratégia para defender seus interesses.

Não deixe seus direitos para lá, busque orientação jurídica especializada e garanta a proteção dos seus bens!

Tenho Direito aos Bens Adquiridos pelo Meu Ex-namorado
Foto/Reprodução

Perguntas frequentes

O que configura uma união estável?

Para caracterizar uma união estável, os seguintes requisitos devem ser preenchidos:

  • Convivência pública: O casal deve morar junto e se apresentar como tal à sociedade, demonstrando um relacionamento amoroso e familiar
  • Continuidade: A união deve ser duradoura, não se caracterizando por relacionamentos casuais ou passageiros.

Leia também:

Bolsa Família Bloqueado? Você Pode Perder Seu Benefício!

Carteira Assinada Não Te Tira do Bolsa Família? Descubra a Verdade em 2024!

PIS Pasep: Descubra se Você Tem Direito a R$ 1.200!

É possível converter uma união estável em casamento?

Sim, a união estável pode ser convertida em casamento civil a qualquer momento, através de um processo simples realizado em cartório.

Quer se manter informado sobre as novidades dos benefícios de forma digital? Então, acompanhe o Notícias sobre Benefício e fique por dentro de todas as informações importantes.

Deixe um comentário